Hoje, há grandes desafios pela frente: um aquecimento do clima, níveis sem precedentes de poluição, e de poderosos interesses especiais minando básico de proteção. Não há tempo a perder no encontro de soluções inovadoras—é por isso que a AMEDI tem como meta reunir as pessoas para construir o mais poderoso e eficaz do movimento ambiental  para agir agora.

.

Contato

Atuamos em todo o Triângulo Mineiro

contato@amedi.org.br

+55 34 30845914

Publicado:
Outubro, 2019
Categoria:
Cerrado
Recursos:
Internos

Objetivo

O “Projeto Viva Cerrado” é uma linha de trabalho da AMEDI que visa envolver as pessoas em um processo sócio-educativo de interação com a natureza, e criar uma cultura de economicidade e de moderação das atividades humanas nos meios urbano e rural com vistas à salvaguarda dos ecossistemas.

O objeto principal do Viva Cerrado é a educomunicação ambiental com vistas ao desenvolvimento de eixos temáticos como solo, água, resíduos sólidos, saneamento básico e qualidade de vida. Para tanto a informação sobre o manejo adequado dos recursos naturais; sobre tecnologias limpas; a divulgação de materiais didáticos sobre boas práticas agrícolas e extrativas; o incentivo à participação cidadã através de associações e cooperativas; a capacitação de líderes comunitários, poder público e sociedade civil, de modo a abranger o leque temático rumo à eficiência da salvaguarda dos ecossistemas naturais, especialmente na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba e com abrangência nacional.

“Acreditamos que a cidadania não é algo a ser ensinado, mas algo para o que as pessoas se sensibilizam, tornando-se conscientes, e a partir disto co-partícipes de um mundo melhor, para as presentes e futuras gerações..”

 

Ações:

  • Gestão Integrada das Unidades de Conservação e Áreas Legalmente Protegidas;
  • Combate busca suprimir o chamado triângulo do fogo: calor, oxigênio e combustível (vegetação, no caso das queimadas)
  • promover ações de recuperação e preservação do Cerrado, apoiando o extrativismo sustentável de seus recursos em prol de uma economia colaborativa junto as comunidades locais
  • elaborar  estudos para recuperação e ampliação de áreas protegidas, juntamente com órgãos e profissionais da área ambiental.